21 de agosto de 2015

A FATÍDICA "BARCA DO SAL" - JULHO DE 1988 - AMARANTE - PIAUÍ.

 Por Melquíades Barroso

Fruto dos delírios psicodélicos de um governante que estava entre o arrojo e a irresponsabilidade. Não se sabe como ele queria que uma embarcação daquele porte navegasse por um rio sem água. Todas essas desgraças produzidas com o dinheiro do povo que do alto da ignorância adorava esses espetáculos de saudosismo de uma época distante que talvez nunca mais volte.



Da série: Persistência da Memória - CABARÉ "CAI NÁGUA"

Por Melquíades Barroso

QUEM NÃO SE LEMBRA DO FAMOSO CABARÉ "CAI NÁGUA" DE AMARANTE?


Acho que o nome se deve ao fato do mesmo ficar bem na beirinha do rio Parnaíba. Lembro-me dos comentário sobre as brigas de peixeira, o que estava perdendo atirava-se na água para escapar. Tenho lembranças de criança, do Bar do Senhor "Zé Pescador". Essa tradição durou muito tempo. Foto de Março de 1987.